Visual Studio Dev11 vem sem SQL Server Express e isso não é um problema

A nova versão do Visual Studio, que está agora em Beta, não traz a opção de instalar o SQL Server Express, como acontecia com o VS 2010. Isso não é um problema. A partir desta versão, temos a nossa disposição via SQL Server 2012 (codename Denali) o LocalDB. Esse vem instalado com o Visual Studio Dev11.

Qual a diferença? O LocalDB não fica rodando toda hora na sua máquina. Ele é um SQL Server “sob demanda”, só sobe quando você precisa, e se ficar muito tempo sem usar, ele fecha. Pra usar é fácil, basta trocar a string de conexão para usar “(localdb)\v11.0” onde antes ficava o “.\SQLExpress”, na string de conexão. Você pode inclusive se conectar nele via SQL Server Management Studio ou via as ferramentas do Visual Studio. Em tempo: o SQL Server Management Studio também não vem mais instalado.

Vejam aqui a conexã aberta no novo Management Studio (que é baseado em VS 2010):

SQL Server 2012 Management Studio acessando LocalDB

Para entender um pouco mais, vejam este post onde o time do SQL Server anuncia o LocalDB.

Nos meus testes até aqui o LocalDB funcionou perfeitamente, exatamente como um SQL Server normal funcionaria.

Você ainda pode instalar o SQL Server Express se quiser. A versão 2012 já é final (RTM) e pode ser baixada aqui.

  • Emmanuel Gomes Brandão

    Tipo SQL Lite?

    • http://blog.lambda3.com.br/L3/giovannibassi/ Giovanni Bassi

      Não. Ele roda OOP (out of process), em sqlserver.exe. O SQLite e o SQL Compact rodam in process.

  • http://twitter.com/cleytonferrari Cleyton Ferrari

    Agora entendi porque o Entity Framework 5, já vem com a conexão string por padrão “(localdb)v11.0″. Legal!