Quem disse que é preciso estar na versão mais nova das linguagens de programação da moda para poder adotar práticas de DevOps e usar uma ferramenta de ALM como o TFS ou o VSTS?

Nesta série de posts, quero mostrar como a manutenção de seus projetos legados pode ser muito mais simples do que você imagina se você se permitir experimentar.

 

Uma vez ouvi falar que o significado de “software legado” era “software que funciona”. Nada mais verdadeiro! As aplicações que comumente chamamos de legado – aquelas que usam tecnologias antigas, por vezes até obsoletas – só estão aí até hoje porque ainda funcionam. Ou seja, frequentemente não há nenhum motivador de negócios que justifique reescrever o sistema numa nova tecnologia, plataforma ou linguagem. Modernizar para quê? Afinal, ele funciona!

O que os times responsáveis por projetos legados acabam esquecendo é que manter seu sistema numa linguagem antiga não significa, necessariamente, continuar usando práticas de desenvolvimento antigas. Longe disso!

Nesta série de posts quero compartilhar algumas dicas de como integrar os projetos legados nas tecnologias que mais temos visto nossos clientes usarem. Na maioria deles, nosso time de Consultores de ALM teve a oportunidade de ajuda-los a adotar as práticas e ferramentas descritas nesta série. Ou seja, mais que conhecimento teórico, é experiência prática!

Parte 1 – Delphi 7

Para os posts sobre Delphi, usarei a versão 7.0, pois é a mais comumente encontrada em projetos legados Delphi em nossos clientes.

Parte 2 – Visual Basic 6

Não poderíamos deixar o venerável VB6 de fora, né? J

  • Controle de versão de projetos legados VB 6
  • Automação de build de projetos legados VB 6
  • Automação de testes de projetos legados VB 6
  • Automação de release de projetos legados VB 6

Parte 3 – ASP Clássico

Acredite, ainda está cheio de sites ASP por aí…

  • Controle de versão de projetos ASP
  • Automação de build e release de projetos ASP

Parte 4 – Outras ferramentas

  • Controle de versão, build e release para projetos PowerBuilder
  • Controle de versão, build e release para projetos Progress
  • Controle de versão, build e release para projetos Clipper

À medida em que os diversos posts forem sendo publicados, os links serão atualizados nesta página. Não perca!

Ah, tem alguma outra tecnologia legada que você usa em sua empresa e gostaria de ver nesta série de posts? Então deixe um comentário com sua sugestão. Quem sabe não estendemos a série para incluir sua ideia? 😉

Um abraço,
Igor

 

(Cross-post de http://www.tshooter.com.br/2016/08/29/controle-seus-projetos-legados-no-tfs/)