Todos os post de Victor Cavalcante

Victor Cavalcante é marido da Mariana Frioli, pai do Eduardo, Microsoft MVP, trabalha com desenvolvimento web a 11 anos e é focado em padrões de desenvolvimento para web. Trabalha na Lambda3 (www.lambda3.com.br), empresa ágil que fundou com outros MVPs e amigos, e que insiste em fazer software certo. É ainda professor universitário e atua no grupo .NET Architects desde seu início. Acompanhe seu twitter para saber as novidades:@vcavalcante.

A Lambda3 no TDC Floripa 2013

Entre os dias 30 de maio e 02 de junho foi realizado o TDC Floripa 2013. Eu participo do TDC desde 2010. Novamente presenciei o crescimento do evento em relação ao ano anterior.                 Nós da Lambda3 sempre estivemos presentes e desta vez não poderia ser diferente. Ao todo foram 13 palestras ministradas pelos integrantes da Lambda3, além de contar com 3 coordenadores que organizaram as trilhas a seguir: HTML5 Continue Lendo →

Debugando sua aplicação com o código fonte do ASP.NET MVC parte 2

No último post eu demonstrei como vincular os símbolos (pdb) do ASP.NET MVC para podermos “debugar” no código fonte dele. Quem testou deve ter percebido que o debug começou a ficar com um tempo muito alto quando comparado com o modo normal, mas isso pode ser minimizado. Neste post vou demonstrar primeiro porque esse tempo fica alto e depois vamos diminui-lo. Primeiro vamos para o ponto em que paramos no post anterior. Crie um breakpoint e quando ele parar nesse breakpoint vá nó menu Continue Lendo →

Debugando sua aplicação com o código fonte do ASP.NET MVC

Desde 2008 quando ASP.NET MVC ainda estava em preview, eu em palestras que ele é um framework open source, mas vejo poucas pessoas se beneficiando desse fato.  Durante o desenvolvimento eu já precisei algumas vezes olhar para o código fonte para entender o que estava acontecendo. Um exemplo disso foi quando saiu o ViewBag, eu queria entender o que ele realmente fazia, tinha a impressão que ele setava o próprio ViewData, tudo indicava isso, mas não tinha certeza. Como eu já tinha configurado Continue Lendo →

Resultado do Mini Curso de jQuery

Realizei na último sábado (19/02/2011) um mini curso gratuito sobre jQuery para desenvolvedores, a motivação para isso pode ser vista no post em que anunciei a iniciativa. Foi um curso de 3 horas de duração, gastei cerca de 8 horas para produzir o curso e posso afirmar que não me arrependo, foram 11 horas muito bem gastas, foram ao todo 131 pessoas que participaram, recebi ótimos feedbacks e graças a tudo isso pretendo fazer outros mini cursos nesse formato. Gostaria de continuar recebendo Continue Lendo →

WebCast: “Mini curso de jQuery para desenvolvedores”

Como ultimamente estou tirando bastante dúvidas sobre jQuery, resolvi fazer um WebCast com um conteúdo básico, mas com início, meio e fim. A ideia é que o programador que assistir esse webcast de 3 horas poderá desenvolver as tarefas do dia a dia, e ainda, saber onde procurar para desenvolver features mais avançadas. Assuntos que serão abordados nesse mini curso: Introdução a padrões web Porque jQuery Introdução ao jQuery Seletores Filtros Eventos Plugins Ajax Quem Continue Lendo →

Despedida do SDC da Stefanini

Estou mudando de empresa novamente, trabalhei por apenas 6 meses no #SDC (Software Delivery Center) da Stefanini, mas posso falar que foram os 6 meses que eu mais aprendi na minha carreira profissional. No SDC tive o prazer de conhecer ótimos profissionais de diversas plataformas de desenvolvimento diferentes, mas posso dar destaque a alguns: Felipe Castro, o cara é muito bom em C# e desenvolvimento ágil, mesmo não gostando muito de “comunistas” (pessoas que Continue Lendo →

Palestra no #TDC2010

Nos dias 20, 21 e 22 de agosto aconteceu o evento chamado The Developers Conference 2010 também conhecido como #TDC2010. Posso afirmar que foi um evento totalmente diferente de todos os que eu já participei (olha que eu já participei de muitos), a mágica da coisa toda é a integração com várias “tribos”, tinha gente de todo tipo de linguagem lá. Várias dessas linguagens/tecnologias estavam oficialmente representadas em trilhas específicas, como: Arduíno, Java, Web, Ruby, Python, Testes, Continue Lendo →