GeekFest no PDC 2009

Tempo de leitura:1 minuto(s)

Nesta quarta, segundo dia do PDC 2009, aconteceu o GeekFest, que era uma festa para os geeks do evento.

GeekFest no PDC09

A idéia era fazer um agrado aos congressistas, todos geeks, e quase todos homens. Oras, nada melhor então que cerveja, pizza, e briquedos caros.

O GeekFest contou com fliperama:

Fliperama no GeekFest

Sinuca:

Sinuca no GeekFest

Pebolin:

Pebolin no GeekFest

DJ ao vivo:

DJ no GeekFest

Massagem:

Massagem no GeekFest

Performances ao vivo:

Performances no GeekFest

Basquete (de brincadeira):

Basquete no GeekFest

Viagens espaciais:

Viagens espaciais no GeekFest

Gears of war:

Gears of war no GeekFest

(onde o Luciano Condé e o Godinho perderam feio pra mim)

Godinho e Condé esperando pra perder pra mim no GeekFest

Pessoas mega estranhas:

Uma moça simpática com duas figuras estranhas do lado no GeekFest

(viram que estranhas essas pessoas do lado da distinta moça do cabelo rosa?)

Pintura on demmand:

Pintura on demmand no GeekFest

Vejam outras já prontas:

Pintura on demmand no GeekFest

Pintura on demmand no GeekFest

Pintura on demmand no GeekFest

Ou seja, muita diversão. (Para geeks, ao menos).

Eu sempre falo que eventos são sempre muito divertidos. É sério!

Autor: Giovanni Bassi

Arquiteto e desenvolvedor, agilista, escalador, provocador.
Programa porque gosta, e começou a trabalhar com isso porque acha que trabalhar como administrador é meio chato. Por esse motivo sempre diz que nunca mais vai virar gerente de ninguém. E também porque acredita que pessoas autogerenciadas funcionam melhor e por acreditar que heterarquia é melhor que hierarquia. Mas isso é outro assunto.
Foi reconhecido  Microsoft MVP depois que alguém notou que ele não dormia a noite pra ficar escrevendo artigos, cuidando e participando do .Net Architects, gravando o podcast Tecnoretórica, escrevendo posts no blog e falando o que bem entende no twitter @giovannibassi. E por falar nisso é no twitter que conta pra todos que gerencia de projetos deve ser feita pelo time e não por um gerentes, que greves em TI são coisas sem sentido e que stored procedure com regras de negócio são malígnas.
Você já deve ter percebido (até porque está lá na primeira frase) que Giovanni é agilista. De tanto gostar disso ele trouxe os programas de certificação e treinamento  PSD e PSM da Scrum.org pro Brasil, e por causa deles, do MVP e de algum trabalho que aparece tem que ficar indo pros EUA de vez enquando, coisa que prefere não fazer. (É bem comum você ouvir ele perguntando porque a Scrum.org e a Microsoft não estão na Itália, por exemplo.)
Junto com alguns Jedis criou a Lambda3, que, apesar de ser pequena e de não ser muito comum no Brasil, insiste em fazer projetos e consultoria direito. Por causa da Lambda3 ele tem trabalhado mais do que quando era consultor independente, mas menos do que a maioria das pessoas. Quer dizer, isso se você considerar que os trabalhos junto à comunidade não são trabalho, caso contrário ele trabalha mais que a maioria das pessoas.
Recentemente ele resolveu que merecia viver melhor e ganhar uns anos de vida e desistiu de ser sedentário, fazendo algum barulho de vez em quando com os amigos no twitter com a hashtag #DotNetEmForma. Por causa do convite recente de amigos do lado Open Source (que ele respeita e admira), começou a escalar, e agora está sempre com as mãos machucadas. Mas ainda dá pra programar. Você encontra ele sempre em algum evento, como o TechEd, e o DNAD, mas também outros menos comuns para o pessoal do .NET, como a RubyConf. Nesses eventos, ou ele está vendo palestras, ou batendo papo com alguém, ou codando alguma aplicação que alguém achou que dava pra fazer durante o evento.

  • Eduardo

    Giovanni os links das imagens estão assim: file:///C:/Users/Giovanni/AppData/Local/Temp/WindowsLiveWriter1286139640/supfiles13D654D/DSC_0159%5B2%5D.jpg

  • Como assim perdermos? Vc e o seu time tomaram uma lavada? Lembra do símbolo "V de Vitória".

    Está criando notícias falsas !

    abs
    Condé